Sobre Centro De Cultura Raul De Leoni

Em 30 de janeiro de 1977, em pleno centro histórico, em frente ao principal ponto turístico de Petrópolis, o Museu Imperial, e ao lado da Câmara de Vereadores, foi erguido pela administração do prefeito Paulo Rattes, um dos principais pólos culturais do Rio de Janeiro e maior centro cultural do interior do estado (com área de 5 080m2): o Centro de Cultura Raul de Leoni. Este importante complexo cultural em três pavimentos é o principal espaço de desenvolvimento das atividades artísticas locais.

O ousado prédio em concreto e vidro fumê, projetado pelos arquitetos Cesare Migliari e Edmundo Lustosa, além de ser a sede da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, abriga a terceira maior biblioteca do estado, a Biblioteca Gabriela Mistral com acervo de 140 mil volumes; a Academia Brasileira de Poesia; o Conselho Municipal de Cultura; quatro espaços expositores para artes visuais; um teatro; um cinema; uma sala de música (onde o Coral Municipal ensaia desde a fundação do prédio); uma sala de internet comunitária; uma sala de artes plásticas e duas salas multiusos.

O Teatro Afonso Arinos sempre foi palco para os principais agentes culturais locais (sua maior vocação), mas nele também brilharam artistas como Boca Livre, Leo Gandelman, Henriqueta Brieba, João Nogueira, Natália Timberg, Denise Stoklos, Grande Otelo, Cristina Pereira, Arthur Moreira Lima e outros.

Seguintes eventos no Centro De Cultura Raul De Leoni

Encontrar mais eventos em torno de você
Obter recomendações de eventos com base em seu gosto Facebook. Obtê-lo agora!Mostre-me os eventos adequados para meAgora não