Cópia de [curso]Fotógrafos imigrantes no acervo do IMS: Vicenzo Pastore, Peter Scheier, Madalena Schwartz e David Zingg, com Fabiana Beltramin, Heloisa Espada, André Pitol e Angelo Manjabosco, IMS Paulista, Quarta, 08. Abril 2020

Professores: Fabiana Beltramin, Heloisa Espada, André Pitol e Angelo Manjabosco[curso Fotógrafos imigrantes no acervo do IMS: Vicenzo Pastore, Peter Scheier, Madalena Schwartz e David Zingg]
Desde seus fundamentos, no século XIX, a fotografia no Brasil contou com a colaboração de profissionais estrangeiros que se fixaram no país em busca de novos mercados ou como refugiados, por razões políticas ou econômicas. Em todos os lugares, o trânsito global de fotógrafos proporcionou a migração de experiências técnicas e estéticas, mas também de vivências pessoais muitas vezes traumáticas. O curso abordará as trajetórias dos fotógrafos Vicenzo Pastore, Peter Scheier, Madalena Schwartz e David Zingg, todos do acervo do IMS, que imigraram para o Brasil em diferentes momentos do século XX. Com experiências muito distintas entre si, as quatro trajetórias trazem dados fundamentais para a compreensão do desenvolvimento da fotografia no campo comercial e artístico no país. Este curso ocorre por ocasião da exposição Arquivo Peter Scheier, em cartaz no IMS Paulista a partir de 25 de janeiro.
O curso tem 4 aulas e será realizado às quartas-feiras, das 19h às 21h, nos dias 8, 15, 22 e 29 de abril. Só receberá certificado de participação o aluno que estiver presente em pelo menos 3 dos encontros (a presença será computada em até 30 minutos depois do início da aula).
Este curso não exige conhecimento prévio acerca dos temas que serão abordados.

PROGRAMA
8/4 - Vincenzo Pastore entre Itália e Brasil: fotos e vida social na experiência da imigração, com Fabiana BeltraminA aula destacará o trânsito de Vicenzo Pastore entre seus dois mundos (Itália e Brasil) na virada do século 19 para o 20, e buscará compreender a inserção do fotógrafo na cultura visual italiana, sua matriz de formação, projetando-se de modo vibrante em sua prática entre o estúdio e a rua. Ao percorrer as ruas paulistanas, Pastore produziu uma galeria de tipos populares compostos a partir de um regime visual de claras relações estabelecidas por ele.
15/4 -  Peter Scheier e a modernidade encenada, com Heloisa EspadaNascido em Glogau, Alemanha, numa família judaica, Peter Scheier refugiou-se no Brasil em 1937. Tornou-se fotógrafo em São Paulo, onde atuou por meio do Foto Estúdio Peter Scheier, entre o início dos anos 1940 e 1975. A aula abordará a trajetória diversificada do fotógrafo, sua experiência na revista O Cruzeiro, a colaboração com arquitetos modernos e sua atuação nos campos da fotografia publicitária e social.
22/4 - “O senhor se incomoda de ver umas fotos minhas?”: a fotografia de Madalena Schwartz, com André PitolAnalisando a produção fotográfica de Madalena Schwartz, a aula visa a destacar aspectos singulares de sua trajetória e contribuição para a fotografia no Brasil. Serão comentados a experiência migratória que a trouxe a São Paulo e a sua participação no Foto Cine Clube Bandeirante num momento de novas perspectivas da arte fotográfica, além da circulação de suas imagens em exposições até as recentes recomposições de sua poética na forma de fotolivros.
29/4 - David Zingg: o Brasil não é para principiantes, com Angelo ManjaboscoA frase do título teria sido dita por Tom Jobim em conversa com o norte-americano David Zingg em 1961, ano em que o fotógrafo abandonou uma promissora carreira em revistas como Look e Show para fixar residência no Rio de Janeiro. No Brasil, trabalhou para jornais e revistas como Manchete, Realidade e Vogue, além de desenvolver projetos independentes. Nesta aula, veremos exemplos do trabalho de Zingg em diferentes contextos, com ênfase nas suas principais contribuições para a fotografia brasileira.

PROFESSORES
Fabiana Beltramin é doutora em história social pela USP, e autora de Sujeitos iluminados: a reconstrução das experiências vividas no estúdio de Christiano Jr. e Entre o estúdio e a rua: a trajetória de Vicenzo Pastore, fotógrafo do cotidiano.
Heloisa Espada é doutora em história da arte pela USP e curadora de artes visuais do Instituto Moreira Salles desde 2008. É autora Geraldo de Barros e a fotografia e Monumentalidade e sombra: o centro cívico de Brasília por Marcel Gautherot, entre outros. É curadora da exposição Arquivo Peter Scheier.
André Pitol é doutorando em artes visuais pela ECA-USP. Pesquisador com foco em fotografia, história e crítica de arte, desenvolveu os trabalhos Alair Gomes: fotografia, crítica de arte e sexualidade e “Ask me to send these photos to you”: a produção artística de Alair Gomes no circuito norte-americano.
Angelo Manjabosco é pesquisador e mestre em estética e história da arte pela USP. Sua dissertação trata das fotografias de David Zingg, George Love e Lew Parrella publicadas na revista Realidade (1966-1972). Trabalha na coordenadoria de Fotografia Contemporânea do Instituto Moreira Salles.

Perguntas frequentes
Há exigências de idade mínima para entrar no evento? Idade mínima de 16 anos.
Quais são minhas opções de transporte/estacionamento para chegar ao evento? 
Metrô: próximo às estações Consolação (Linha Verde) e Paulista (Linha Amarela).
Ônibus: pontos na rua da Consolação e na avenida Paulista, com várias opções de linhas.

Estacionamento: não há estacionamento no local, apenas vagas especiais para pessoas com deficiência.

Como posso entrar em contato com o organizador se tiver perguntas? Pelo email .
Qual é a política de reembolso? É permitido solicitar o reembolso integral até 7 dias antes da data de início do evento. 
Preciso levar meu ingresso impresso para o evento? Não é necessário levar o ingresso impresso, apenas um comprovante de identidade. 
Posso atualizar as informações da minha inscrição? A atualização de informações pode ser feita até 1 dia antes do início do curso.
Minha taxa de inscrição ou o ingresso podem ser transferidos? A transferência da matrícula pode ser feita até 1 dia antes do início do curso. Após o início do mesmo, não é possível fazer a transferência. 
O nome no meu ingresso ou na minha inscrição não coincide com o nome do participante. Há algum problema? Sim, é preciso que o nome da matrícula seja o mesmo de quem irá frequentar o curso. Caso tenha comprado o curso para outra pessoa, é possível fazer a transferência do mesmo até 1 dia antes do início do curso.
Quem tem direito a meia-entrada? Estudantes, professores e maiores de 60 anos têm 50% de desconto em todos os cursos, mediante apresentação de documento comprobatório no dia do evento.

Cópia de [curso]Fotógrafos imigrantes no acervo do IMS: Vicenzo Pastore, Peter Scheier, Madalena Schwartz e David Zingg, com Fabiana Beltramin, Heloisa Espada, André Pitol e Angelo Manjabosco

Encontrar mais eventos em torno de você
Obter recomendações de eventos com base em seu gosto Facebook. Obtê-lo agora!Mostre-me os eventos adequados para meAgora não